Cascoland @ Barraco #55


<<< all projects

From November till December 2012, our Barraco #55 team has been joining hands with the artists of Cascoland. They stayed in the community for 1 month working on the project Lajes que Falam and the Comuniférico, in collaboration with Barraco #55 and the local residents of Complexo do Alemão. (portuguese below)

 

—-

Entre 15 de novembro e 15 de dezembro de 2012 o coletivo de artistas holandeses Cascoland viveu no Barraco #55 e trabalhou na comunidade em um projeto de ativação de espaços públicos através da participação de moradores.

Para a construção de um sistema de Teleférico, conectando a estação Bonsuccesso na parte baixa do Complexo de Alemão com a estação Palmeiras na parte mais alta, uma fileira de casas foi destruída. Como resultado, uma série de espaços surgiram, que poderiam muito bem ser usados para todos os tipos de fins públicos. Alvorada é uma área densamente povoada, mas há poucos espaços públicos. Planos das autoridades para o desenvolvimento dos espaços vazios ainda não estão sendo executados. Este momento oferece uma oportunidade para pensar sobre o design de espaços públicos neutros, não ligados a estruturas existentes, multi-funcional, acessíveis a todos, seguro e limpo.

Ao viajar no Teleférico se vê um mar de ruas, telhados e lotes vagos abaixo, mas há um contraste entre a experiência do Teleférico e a realidade no terreno. Na verdade, há pouca interação ou comunicação entre o sistema de transporte e a comunidade que o sistema de transporte serve.

Mas, notamos que um tatuador local anunciou o seu negócio para os passageiros do Teleférico, simplesmente pintando o seu nome e telefone no seu telhado. Com eventos grandes se aproximando, como a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e as Olimpíadas em 2016, e números crescentes de pessoas passando em cinma da comunidade, pode ser uma idéia para começar a usar o Teleferico não só para o transporte de pessoas, mas também para o transporte de idéias. O Comuniférico!

É assim que começamos a desenvolver o projeto Lajes Que Falam e o Comuniférico. O Cascoland Quiosque foi instalado, um Palco Público construído e um primeiro exemplo para a comunicação entre o Lajes Que Falam e o Comuniférico foi desenvolvido.

O Palco Público é um espaço público para uso multiplo, criado em um espaço desocupado, em frente ao espaço do Barraco #55. Agora o espaço está limpo e é fora da rua, portanto é seguro para as crianças e tem uma vista esplêndida sobre o Rio de Janeiro. Seu design é aberto para vários usos, têm uma mesa de ping pong e uma quadra de futebol que ao mesmo tempo serve como Palco Público, ou seja, um palco para apresentações públicas. Ele está situado em baixo do Comuniférico e visível de longe.

Um primeiro exemplo de um meio de comunicação entre as Lajes Que Falam e o Comuniférico são polegares que foram instalados em 25 lajes no Sábado dia 15 de Dezembro. Moradores das casas destas lajes tiveram seus polegares fotografados no Cascoland Quiosque. No 15 de Dezembro todos os polegares foram imprimidos numa lona e montados no Palco Público. De lá, eles serão transportados, acompanhado por um desfilhe de samba, para os telhados dos residentes das Lajes Que Falam, para ser instalados. Em um momento coletivo, os 25 residentes compartilharam os seus telhados com os vizinhos e visitantes, mostrando os polegares para os passageros no Comuniférico. Assim, as Lajes Que Falam começaram a sua primeira comunicação com o Comuniférico!

O Teleférico continua a ser muito especial, mas uma maneira limitada para realmente conhecer a comunidade. O projeto Lajes Que Falam pode fornecer aos moradores uma estrutura de comunicação com os passageiros no Comuniférico. E talvez as Lajes Que Falam possam, de alguma forma, fazer com que os passageiros do Comuniférico saiam da sua zona de conforto e efeitivamente visitam as comunidades em baixo.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *